UFSC recebe representantes de universidades dos Estados Unidos

G:i
Programa facilita intercâmbio de estudantes entre UFSC e universidades estrangeiras

Programa facilita intercâmbio de estudantes entre UFSC e universidades estrangeiras

“Eu tenho um sonho, o da paz. E acredito que o melhor jeito de promover a amizade entre os países é criar a internacionalização da universidade”, disse o secretário de Relações Internacionais da UFSC, Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho, pouco antes do coffee break da reunião de recepção a 13 representantes de universidades dos Estados Unidos, na manhã desta segunda-feira, 14 de abril. O encontro é parte do cronograma de eventos organizado pelo University Studies Abroad Consortium (Usac), instituição que promove o intercâmbio entre estudantes estrangeiros e a comunidade universitária brasileira.

O Usac é conveniado com a UFSC – a única instituição brasileira – desde 2013. Os intercambistas estrangeiros participam de cursos na Universidade por um período de até oito meses, e, em troca, a organização oferece bolsas de estudo e estágios no exterior para estudantes, professores e servidores técnico-administrativos nas 33 universidades estrangeiras que fazem parte do consórcio. Os estrangeiros no Brasil têm disciplinas em inglês, ministradas por professores da UFSC, que são creditadas no histórico. Há ainda aulas de cultura, agricultura e realidade brasileira, além de conversação em português e inglês com alunos brasileiros.Na primeira reunião, os representantes estrangeiros perguntaram pelos mecanismos de permanência estudantil e mostraram-se impressionados com a competição para ingresso na Universidade. Eles permanecem na cidade o resto da semana, e alguns vão ainda a outras instituições, já que o programa prevê a possibilidade de estudantes estrangeiros recebidos pela UFSC visitarem também diferentes universidades brasileiras.

Em 2014, a Bolsa Usac selecionou quatro alunos da UFSC para participarem de intercâmbios no exterior. Além de alunos dos Estados Unidos, a UFSC já recebeu estudantes da Noruega, Dinamarca, Nova Zelândia, Austrália, Turquia e países da América Latina, observa John Loveday, diretor-residente da Usac na Universidade. “São possibilidades diferentes que se abrem, e é a chance de conhecermos melhor essas pessoas de outros países e de eles conhecerem a maneira como trabalhamos aqui”, comentou a vice-reitora da UFSC, Lúcia Helena Martins Pacheco, também presente à reunião.

Mais informações sobre o programa, acesse o site da Usac ou entre em contato com a Secretaria de Relações Internacionais (Sinter) da UFSC.