Cátedra da UNESCO sediada na UFSC, “Políticas Linguísticas para o Multilinguismo”, tem segunda edição de Seminário Internacional na Universidade de Macau

G:i

O II Seminário Internacional da Cátedra UNESCO em Políticas Linguísticas para o Multilinguismo ocorrerá nos dias 25, 26 e 27 de setembro de 2019 no Centro de Estudos e Pesquisas do Bilinguismo Chinês-Português da Universidade de Macau, na China. O tema da edição deste ano é “Multilingualism in Greater China, Asia and beyond: Policies, Mobility and Transculturality“.

Sediada na UFSC, e sob coordenação do Prof. Dr. Gilvan Müller de Oliveira, do Centro de Comunicação e Expressão (CCE), a Cátedra foi estabelecida em 5 de fevereiro de 2018 e tem como objetivos principais a promoção de um sistema integrado de pesquisa, treinamento, informação e documentação sobre o entendimento global para a sustentabilidade, e facilitar a colaboração entre pesquisadores de alto nível reconhecidos internacionalmente, bem como professores da Universidade e outras instituições da América Latina e do Caribe, Europa, Ásia, Pacífico e Europa.

A edição deste ano do seminário busca promover a divulgação de pesquisas e o intercâmbio de idéias em torno dos seguintes tópicos (não limitados a): Ensino de idiomas; Aquisição de Linguagem; Política de linguagem; Idiomas em contato; Migração e mobilidade; Globalização e super-diversidade; Multilinguismo e multiculturalismo; Relações transculturais e Inclusão tecnológica e linguística.

Para saber mais sobre o evento, clique aqui.

SOBRE A CÁTEDRA UNESCO POLÍTICAS LINGUÍSTICAS PARA O MULTILINGUISMO SEDIADA NA UFSC

Objetivos Específicos: Realizar pesquisas conjuntas com parceiros sobre a relação entre desenvolvimento sustentável e cultura, diversidade linguística e cultural, multilinguismo e divulgar os resultados amplamente através de conferências, seminários e publicações; contribuir para a elaboração de políticas relativas à preservação e ao desenvolvimento do multilinguismo como pré-requisito para o desenvolvimento sustentável a nível comunitário e nacional; promover a educação linguística e a preservação da diversidade linguística, a educação bilíngue e multilíngue, incluindo a educação em linha, bem como a inclusão social através da educação linguística; criar uma rede de pesquisa de universidades, institutos e outras organizações relevantes, promover a pesquisa e o treinamento conjuntos, professores visitantes e o intercâmbio de docentes, pesquisadores e estudantes; colaborar estreitamente com a UNESCO e as atuais Cátedras UNESCO em programas e atividades relevantes.

Confira mais informações sobre a Cátedra no site da UNESCO.